Recordar Angola. Fotografias e histórias. Books and photos, livros e memórias

Ambriz, Ambrizente, Benguela, Caála,Cabinda,Caconda,Camambatela, Cambambe, Carmona(Uíge),Catumbela,Cela,Chiloango,Chingorói,Chinguar,Cubal,Cuchi,Cuíto,Cuma, Cunene, Dirico, Dondo, Dundo,Gabela,Ganda,Camacupa Saurino,Landana,Lobito,Longonjo,Luacho,Luanda, Luso, Malanje,Mavinga, Moçâmedes(Namibe), Moxico, Mussungue, Negage, Nova Lisboa (Huambo),Nova Sintra(Catabola), Novo Redondo (Sumbe),Ongiva,Porto Alexandre,Porto Amboim,Ruacaná,Lubango,Salazar,Sanza Pombo,Bailundo

A minha fotografia
Nome:
Localização: Parede, Portugal

segunda-feira, dezembro 12, 2011

Ana Maria Barroné nas Memórias Africanas, com Paulo Salvador



Uma mulher inesquecível. Todos a conhecem como Ana Preta. Foi das primeiras mulheres negras a trabalhar para o Exército Português em Moçambique nos anos 60. Veio para Portugal e não quis aceitar o apoio do Iarn. Lutou a pulso, com o marido. Vendeu sapatos, fez comida e foi espalhando o seu dom por todos: a amizade. O resto da sua vida define-se pelas consequências de ser amiga de todos. O bem que lhe vai sendo retribuído é uma marca da vida de uma filha de África, que pelo gosto dos seus petiscos conheceu meio mundo e até cozinhou para Jorge Sampaio.