Recordar Angola. Fotografias e histórias. Books and photos, livros e memórias

Ambriz, Ambrizente, Benguela, Caála,Cabinda,Caconda,Camambatela, Cambambe, Carmona(Uíge),Catumbela,Cela,Chiloango,Chingorói,Chinguar,Cubal,Cuchi,Cuíto,Cuma, Cunene, Dirico, Dondo, Dundo,Gabela,Ganda,Camacupa Saurino,Landana,Lobito,Longonjo,Luacho,Luanda, Luso, Malanje,Mavinga, Moçâmedes(Namibe), Moxico, Mussungue, Negage, Nova Lisboa (Huambo),Nova Sintra(Catabola), Novo Redondo (Sumbe),Ongiva,Porto Alexandre,Porto Amboim,Ruacaná,Lubango,Salazar,Sanza Pombo,Bailundo

A minha fotografia
Nome:
Localização: Parede, Portugal

terça-feira, março 27, 2012

Vera Cruz Pinto nas Memórias Africanas com Paulo Salvador

24 de Março de 2012. Convidado:Eduardo Vera-Cruz Pinto (ouvir)


É alguém cujas raízes praticamente resumem a expansão portuguesa e em Angola já crescem desde o séc.XVI. Ele tem um curriculum absolutamente impressionante. Eduardo Augusto Alves Vera-Cruz Pinto é uma das mais respeitadas figuras do mundo do direito, nao só em Portugal como em Angola, Brasil e muitos países do mundo.É Director da Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa e Professor Catedrático de Direito Romano e Filosofia. Professor visitante de várias universidades do mundo. Presidente da Direcção do Instituto de Direito Angolano e ainda cidadão paulista pelos serviços prestados.

Luis Gaivão nas Memórias Africanas, com Paulo Salvador

17 de Março de 2012. Convidado: Luis Mascarenhas Gaivão(ouvir)


A sua família já regista presença em terras africanas há mais de 3 gerações. Ele nasceu em Luanda, cidade onde viria, muitos anos depois, após a independência de Angola, a trabalhar como adido cultural da embaixada portuguesa. Mostrou os encantos de Luanda a José Saramago na primeira vez que o escritor visitou Angola. Fez carreira de professor, escrever vários livros e prepara agora um doutoramento em pós-colonialismo.

Nuno Roque Silveira, nas Memórias Africanas, com Paulo Salvador



Nuno Silveira é alguém cujo destino se encarregou de o fazer tropeçar por terras africanas, por várias vezes e em locais diferentes. Andou na guerra, andou na paz. Nasceu por em Angola em 1940, caminhou por Moçambique, viveu em Portugal. Curiosamente ambos os países quase que o obrigaram a escrever dois livros. Um chamado “Um outro lado da guerra” e outro “lourenço Marques.

Emídio Fernando nas Memórias Africanas, com Paulo Salvador



Na sua família, as ligações a Africa remontam ao século 19. Apesar de ter deixado a sua terra natal nos anos 80, ele manteve, ainda que por via profissional, sempre uma ligação ao continente africano. Ele é hoje jornalista da TSF, mas foi correspondente do Canal África, da África do Sul. Reportou guerras em Angola, Bósnia, Albânia, Macedónia, Ruanda, Zaire, Iraque e Afeganistão. É ainda autor de dois livros, um chamado "O ultimo adeus português" e um mais recente dedicado à figura de Jonas Savimbi, o líder da Unita, assassinado há dez anos.

quinta-feira, março 01, 2012

António Calvário nas Memórias Africanas, com Paulo Salvador

25 de Fevereiro de 2012, convidado: António Calvário (ouvir)


Nasceu em Moçambique corria o ano de 1938. Por engano chamaram-no certo dia para cantar. Tornou-se numa das maiores estrelas portuguesas de sempre. A Avenida da Liberdade parava quando os seus filmes estreavam. Uma vida feita por entre Moçambique, Angola e Portugal. Muitas peripécias e lembranças de uma infância cheia de aventuras e perigos. Histórias que agora resolveu passar a livro mas que aqui recordou numa conversa inesperadamente divertida.

Manuel Menezes nas Memórias Africanas, com Paulo Salvador


18 de Fevereiro de 2012, convidado: Padre Manuel Menezes (ouvir)


O padre Manuel Menezes é um homem que dedicou a maior parte da sua vida a África e aos africanos.
Foram mais de 30 anos de idas e vindas por entre aldeias, localidades, missões e trabalhos. Quase que se poderia dizer que não se consegue libertar de terras africanas. Angola, foi a missão da sua vida. Correu riscos, construiu onde nada havia. Uma vida cheia de histórias e regressos ao serviço dos Missionário do Verbo Divino.