Recordar Angola. Fotografias e histórias. Books and photos, livros e memórias

Ambriz, Ambrizente, Benguela, Caála,Cabinda,Caconda,Camambatela, Cambambe, Carmona(Uíge),Catumbela,Cela,Chiloango,Chingorói,Chinguar,Cubal,Cuchi,Cuíto,Cuma, Cunene, Dirico, Dondo, Dundo,Gabela,Ganda,Camacupa Saurino,Landana,Lobito,Longonjo,Luacho,Luanda, Luso, Malanje,Mavinga, Moçâmedes(Namibe), Moxico, Mussungue, Negage, Nova Lisboa (Huambo),Nova Sintra(Catabola), Novo Redondo (Sumbe),Ongiva,Porto Alexandre,Porto Amboim,Ruacaná,Lubango,Salazar,Sanza Pombo,Bailundo

A minha fotografia
Nome:
Localização: Parede, Portugal

quinta-feira, novembro 22, 2012

Mario Gama nas Memórias Africanas, com Paulo Salvador


17 de Novembro de 2012  Convidado: Mário Gama (ouvir)














Mário Gama, uma história surpreendente. Um angolano que era cabo especialista no Uíge quando foi confrontado com o 25 de Abril. O destino supreendeu-o e pouco depois vê a sua assinatura nos acordos de transferência do poder de Portugal para Angola. Torna-se num dos homens que iria assumir responsabilidades na força aérea angolana. Fez tropa em Moçambique e desde então sempre foi um protegido do general Kaúlza de Arriaga, que sempre o protegeu ao longo da vida. Mais tarde abandonou as Forças Armadas de Angola. Hoje é um homem de negócios porque, diz, "não podia bombardear cidades onde poderiam viver familiares meus". Curiosamente foi a música que lhe facilitou a vida. Canta e até gravou um disco com a Orquestra Filarmónica de Cuba.