Recordar Angola. Fotografias e histórias. Books and photos, livros e memórias

Ambriz, Ambrizente, Benguela, Caála,Cabinda,Caconda,Camambatela, Cambambe, Carmona(Uíge),Catumbela,Cela,Chiloango,Chingorói,Chinguar,Cubal,Cuchi,Cuíto,Cuma, Cunene, Dirico, Dondo, Dundo,Gabela,Ganda,Camacupa Saurino,Landana,Lobito,Longonjo,Luacho,Luanda, Luso, Malanje,Mavinga, Moçâmedes(Namibe), Moxico, Mussungue, Negage, Nova Lisboa (Huambo),Nova Sintra(Catabola), Novo Redondo (Sumbe),Ongiva,Porto Alexandre,Porto Amboim,Ruacaná,Lubango,Salazar,Sanza Pombo,Bailundo

A minha fotografia
Nome:
Localização: Parede, Portugal

segunda-feira, janeiro 24, 2011

Augustus e Carlos Pacheco, entrevistas de Memórias Africanas, Rádio Sim


22 de Janeiro de 2011 Convidado: António Augustus (ouvir)



O estilista Augustus, habituou-nos a vê-lo em acontecimentos de Moda. Apesar de ter nascido na Figueira da Foz, com meses foi para Angola e lá cersceu e se fez homem, daí que sempre esteja asssociado a terras africanas. Hoje tem loja própria em Luanda e desloca-se frequentemente à capital angolana, onde veste uma parte da sociedade luandina. Que histórias revelará a sua memória? Para ouvir...

15 de Janeiro de 2011 Convidado: Carlos Pacheco (ouvir)



O historiador Carlos Pacheco não consegue ficar calado perante as injustiças. Protestou em Angola onde foi perseguido e preso, primeiro pela PIDE e depois pelo partido que sempre apoiara, o MPLA. Protestou no Brasil e foi obrigado a sair do país. Protestou em Moçambique e abandonou a ex-colónia. Trabalhou com o presidente angolano, Agostinho Neto, numa missão secreta que envolveu as forças armadas portuguesas.Hoje ele é um feroz crítico do poder angolano e da forma como Angola evoluiu. Por alguma razão o seu mais recente livro se chama, "Angola, um gigante com pés de barro". Uma conversa cheia de revelações