Recordar Angola. Fotografias e histórias. Books and photos, livros e memórias

Ambriz, Ambrizente, Benguela, Caála,Cabinda,Caconda,Camambatela, Cambambe, Carmona(Uíge),Catumbela,Cela,Chiloango,Chingorói,Chinguar,Cubal,Cuchi,Cuíto,Cuma, Cunene, Dirico, Dondo, Dundo,Gabela,Ganda,Camacupa Saurino,Landana,Lobito,Longonjo,Luacho,Luanda, Luso, Malanje,Mavinga, Moçâmedes(Namibe), Moxico, Mussungue, Negage, Nova Lisboa (Huambo),Nova Sintra(Catabola), Novo Redondo (Sumbe),Ongiva,Porto Alexandre,Porto Amboim,Ruacaná,Lubango,Salazar,Sanza Pombo,Bailundo

A minha fotografia
Nome:
Localização: Parede, Portugal

domingo, setembro 16, 2012

António Brito nas Memórias Africanas, com Paulo Salvador

António Brito nasceu no concelho de Tábua, entre as serras do Açor e do Caramulo em 1949, Trepou andaimes, carregou tijolos e cimento nas obras. Mal fez dezoito anos alistou-se na Força Aérea. Ele sonhava com os aviões que o levariam ao céu, mas que acabaram por transportá-lo ao inferno. Por terrras moçambicanas viveu a guerra e recolheu momentos que mais tarde viria a reproduzir nos seus livros. Um chamado “O ceu não pode esperar, outro “Olhos de Caçador” e finalmente “ Sagal”