Recordar Angola. Fotografias e histórias. Books and photos, livros e memórias

Ambriz, Ambrizente, Benguela, Caála,Cabinda,Caconda,Camambatela, Cambambe, Carmona(Uíge),Catumbela,Cela,Chiloango,Chingorói,Chinguar,Cubal,Cuchi,Cuíto,Cuma, Cunene, Dirico, Dondo, Dundo,Gabela,Ganda,Camacupa Saurino,Landana,Lobito,Longonjo,Luacho,Luanda, Luso, Malanje,Mavinga, Moçâmedes(Namibe), Moxico, Mussungue, Negage, Nova Lisboa (Huambo),Nova Sintra(Catabola), Novo Redondo (Sumbe),Ongiva,Porto Alexandre,Porto Amboim,Ruacaná,Lubango,Salazar,Sanza Pombo,Bailundo

A minha fotografia
Nome:
Localização: Parede, Portugal

quinta-feira, julho 26, 2012

Anabela Chipenda nas Memórias Africanas, com Paulo Salvador

Anabela é o exemplo do que foi o sofrimento do povo angolano com a guerra civil que se seguiu à independência. Aos cinco anos, longe da mãe, incia uma dramática fuga pelo mato angolano para escapar à guerra. Ela e irmã gémea e a avó. Foi maltratada, escorraçada por outras crianças pelo simples facto de ser mulata, ter tido um pai branco. Andaram vários anos em fuga. Para sobreviver chegou a comer pele de batuqes, morcegos, larvas e insectos. Assistiu aos massacres, escapou dos massacres, quer da Unita quer do MPLA. Por várias vezes achou que ia morrer.Felizmente sobreviveu e aceitou partilhar as suas memórias africanas.